Cuidados com os olhos para pacientes diabéticos

Atenção redobrada com a retina deve virar rotina na vida de pacientes diabéticos. Abaixo, confira algumas dicas para evitar complicações oculares decorrentes da doença.

 

            No texto anterior, havíamos falado sobre a importância de manter-se atento também aos olhos quando se é diabético, uma vez que essa doença é capaz de comprometer, e muito, a visão de pessoas que são acometidas por ela. Hoje, falaremos um pouco sobre alguns cuidados imprescindíveis com os olhos para pacientes diabéticos em vistas de possíveis complicações que se não evitadas a partir de tratamento criterioso, pode levar à cegueira.

            Como a diabetes corresponde a uma doença crônica caracterizada pelos altos níveis de açúcar no sangue (glicose), o primeiro passo é manter os níveis de glicose e a pressão arterial controlados a fim de minimizar as chances de desenvolver complicações graves ao longo do tempo as quais podem afetar de maneira significativa a sua visão. Nesse sentido, é de extrema importância preocupar-se em obedecer a uma dieta saudável, manter-se dentro do peso e realizar exercícios físicos regularmente. Na alimentação das pessoas diabéticas deve-se constar principalmente alimentos ricos em fibras, já que tais alimentos ajudam a controlar a concentração de açúcar no sangue. Porém, isso é só o começo e o acompanhamento médico nessas horas é essencial. A palavra-chave aqui é: atenção. Atenção para as taxas glicêmicas que precisam ser diariamente checadas; para tudo o que está sendo ingerido; para o corpo como um todo; e, claro, para qualquer alteração insuspeita que possa vir a ocorrer afetando o bem-estar de seu organismo.

Pessoa fazendo a medição dos níveis de glicose para acompanhamento de diabetes.
 Pessoa fazendo a medição dos níveis de glicose para acompanhamento de diabetes.

            Em segundo lugar, é preciso, assim que constatado o aparecimento da doença, ir em busca de apoio médico especializado para que possam ser realizados os exames periódicos de acompanhamento da visão. A verdade é que para pacientes diabéticos, a avaliação periódica dos olhos deve virar rotina. Assim, é importante destacar que os riscos das doenças oculares decorrentes da diabetes aumentam gradativamente conforme o passar do tempo e, se não controlada por meio de medicamentos, alimentação e exercícios físicos, a diabetes aumenta em 70% as chances do paciente desenvolver retinopatias – falaremos mais sobre a retinopatia diabética em outro momento aqui no blog.

            As retinopatias podem ser diagnosticadas através do exame de fundo de olho e qualquer alteração, quando identificada a tempo de acompanhar e tratar, evita a perda total da visão. Sabe-se, hoje, que a retinopatia diabética é responsável pela maior parte dos casos de cegueira na idade produtiva, ou seja, dos 20 aos 60 anos, e detectá-la antecipadamente é fundamental. Para tanto, é necessário realizar uma avaliação frequente da retina junto ao seu oftalmologista de confiança. Além disso, deve-se ter em mente que a diabetes pode ser facilmente tratada quando sob controle, mas, para isso, é preciso que a sua saúde e, principalmente, a saúde dos seus olhos não seja subestimada e receba atenção redobrada a todo momento.

É diabético? Marque uma consulta com o oftalmologia e fique de olho na sua visão!

Comentários: