Hipertensão e cuidados com a saúde dos olhos

Se com a saúde não se brinca, com a saúde dos olhos muito menos. No texto que segue, alguns pontos importantes para os quais pessoas hipertensas devem se atentar. 

            Como havíamos visto no texto anterior a este, a Hipertensão Arterial Sistêmica, conhecida popularmente como pressão alta, não prejudica apenas o sistema cardiovascular, podendo afetar desde os vasos sanguíneos presentes no fundo do olho até a retina. Isso significa, claro, que pessoas hipertensas devem manter o dobro de atenção e cuidados para com a sua visão, uma vez que esta é considerada uma doença grave e de difícil tratamento quando descoberta em seus estágios mais avançados.

           Assim, a primeira dica que trazemos hoje é considerar a possibilidade de você fazer parte do grupo de pessoas que têm pré-disposição a apresentar tal condição ou considerar também se por ventura você, da mesma forma, não estaria facilitando o aparecimento da doença por meio daquilo que chamamos de “fatores de risco”, isto é, quaisquer situações em que nos colocamos sem, às vezes, nos darmos conta de que são justamente elas que podem aumentar a probabilidade da pressão alta surgir.

        Existem fatores de risco modificáveis e não-modificáveis. Em relação a estes últimos, destacamos a predisposição hereditária e a idade mais avançada, que podem ou não levar ao desenvolvimento da doença e é justamente em razão desta dúvida que a realização de exames com certa frequência se faz imprescindível. Dentre os fatores modificáveis, destacamos alguns hábitos alimentares ruins, tais como a ingestão em excesso de sal e gorduras e a ausência de frutas e vegetais na dieta, além da falta de atividade física, o consumo de álcool em abundância e o tabagismo. Se combinados, os fatores modificáveis com os não-modificáveis (por exemplo, uma pessoa com histórico familiar de hipertensão que fuma), forneceremos um risco maior ainda ao nosso organismo de desenvolver a doença e até mesmo acabar antecipando-a. Ou pior, podemos fazer surgir complicações da doença as quais trazem como consequência um problema já mencionado também no post anterior: a retinopatia hipertensiva.

                Logo, para manter a pressão arterial dentro dos valores normais e, assim, prevenir também o aparecimento de lesões na visão, é fundamental manter um estilo de vida saudável. No entanto, caso as mudanças em seu estilo de vida não sejam suficientes para que os valores se tornem ideais, só o seu médico será capaz de associar a essas mudanças o tratamento adequado para o seu caso e, nesse sentido, visitas e exames regulares, principalmente ao oftalmologista, são indispensáveis.

Comentários: